14 de julho

GDF - Administrações Regionais
23/06/20 às 17h33 - Atualizado em 23/06/20 às 17h33

Asfalto, estacionamento e meio-fio novos no Setor de Oficinas em Brazlândia

COMPARTILHAR

A Administração Regional de Brazlândia iniciou, nesta segunda-feira (22), a troca completa de um quilômetro de asfalto no Setor de Oficinas da região administrativa. O asfalto na região tinha uma condição considerada “péssima”, sem a base para suportar apenas o recapeamento da via, que tem alto fluxo de veículos. A obra tem previsão para durar três meses e investimento de R$ 1,8 milhão, obtido por meio de emenda  parlamentar. 

“Estou há 27 anos neste local e o único serviço feito aqui era de tapa-buracos”, contou o dono de uma das oficinas, Charles Valeriano. De acordo com a administração regional, o asfalto foi colocado na década de 1990 e passava apenas por reparos e as ações de tapa-buraco. No primeiro momento, o local só receberia uma nova camada de asfalto, porém, após parecer técnico da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), foi verificada a necessidade de um novo recapeamento. 

O coordenador de Obras Licenciamento e Manutenção da administração, João Paulo Gomes, explicou que no local não havia a base e que quando executaram o serviço foram feitos a apenas a compactação do terreno e a capa asfáltica.

Como o movimento de veículos é grande, especialmente de caminhões, o trabalho em andamento é de recomposição de base: execução de subleito e sub-base para aplicação do pavimento. “Agora vai ser feito um asfalto de qualidade, dentro dos padrões, da forma correta e com mais qualidade e durabilidade”, afirmou o coordenador de Obras. 

Além do asfalto novo, serão instalados meios-feios, haverá colocação de drenagem pluvial nos dois sentidos da via e o setor ainda vai ganhar 100 vagas de estacionamentos. Na opinião do eletricista Francisco Sales, a obra é muito importante em razão da situação em que o Setor de Oficinas se encontrava.“Pelo fato de chegar agora e ver o trabalho dou uma nota boa: 8, porque ainda não está pronta”, disse. 

O administrador regional de Brazlândia, Jesiel Costa Rosa, avalia que o setor é importante para a cidade por se tratar de um ponto estratégico na geração de emprego, renda e prestação de serviços. “A restauração é uma demanda antiga, mas, graças à emenda,  agora está em fase de execução”, comemorou.

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros