22 de junho

GDF - Administrações Regionais
24/08/20 às 10h07 - Atualizado em 24/08/20 às 10h07

GDF recupera Ponte no Núcleo Rural Alexandre Gusmão

COMPARTILHAR

As obras de reconstrução da ponte do Núcleo Rural Alexandre Gusmão, em Brazlândia, estão a todo vapor. A revitalização vai devolver à comunidade um importante ponto de passagem que foi destruído pelas chuvas e beneficiará milhares de pessoas que trafegam pelo local. 

Localizada na estrada vicinal, ligação entre as rodovias DF-435 e BR-080, no Incra 7, em Brazlândia, a ponte é usada por centenas de moradores diariamente, que vão em direção às áreas urbanas; além de ser um canal para o  escoamento da produção de pequenos agricultores locais. Há cerca de seis meses, parte da estrada de terra cedeu e dificultou a passagem por ali.

O morador Cândido Pereira, 71 anos, que reside em uma chácara em Alexandre Gusmão, passa diariamente pelo local, seja de carro ou a pé. “Estava precisando e muito reformar aqui. Todo ano a estrada fica prejudicada com as chuvas, fica estreita. Já vi até um carro que caiu no buraco. Agora, vai melhorar”, afirmou.O Departamento de Estradas de Rodagem (DER), responsável pela execução da reforma, está fazendo um aterro sobre galerias pluviais que dará mais segurança e reforço à estrutura da ponte que passa pelo Rio Jatobazinho. Antes, erguida em cima de manilhas, a estrutura de terra não resistiu.

“No período de chuvas, os barrancos podem cair. E a instalação de galerias de águas pluviais evita essas erosões e a pista fica mais segura para toda a comunidade. No momento, apenas um carro passava pela ponte. Vamos alargar para 7 metros, permitindo que dois carros possam transitar”, explica Geraldo Jacinto, técnico do DER.

Vai melhorar 100%. Nossa preocupação maior era com o transporte escolar. Ficamos felizes de conseguir fazer a reforma antes do retorno das aulas suspensas pela pandemiaJesiel Costa, administrador de Brazlândia

Transporte escolar

De acordo com a Administração de Brazlândia, a recuperação da estrada vai beneficiar cerca de duas mil famílias que moram na região. Além disso, o fluxo de ônibus escolares na região é grande e foi interrompido somente nesse período de pandemia do coronavírus. A obra, portanto, vem em um momento crucial.

“Vai melhorar 100%. Nossa preocupação maior era com o transporte escolar. Ficamos felizes de conseguir fazer a reforma antes do retorno das aulas suspensas pela pandemia”, comemora o administrador Jesiel Costa.

A expectativa é otimista: em meados de setembro, a ponte já estará toda pronta. O maquinário usado, como escavadeiras e caminhões, foi cedido pela Novacap.  

Outro ponto importante é a preservação ambiental. O Jatobazinho, importante rio que abastece a Bacia do Descoberto, também será beneficiado, uma vez que sedimentos estavam caindo na água.

Agência Brasília

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros