25 de maio

GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
19/02/24 às 14h54 - Atualizado em 19/02/24 às 14h54

Nova ponte sobre o Córrego do Pulador chega à etapa de encabeçamento

COMPARTILHAR

As obras de reconstrução da nova ponte sobre o Córrego do Pulador, em Brazlândia, chegaram à etapa de encabeçamento da estrutura que dará suporte ao elevado. Ao todo, o Governo do Distrito Federal (GDF) investiu mais de R$ 261 mil na execução da passarela, que irá beneficiar diretamente 500 moradores da área rural da cidade.

A administradora regional de Brazlândia, Luciana Lima, afirma que o elevado terá grande impacto na comunidade rural da região. “Isso porque somos os maiores produtores de folhagens, morango e goiaba e a ponte irá ajudar no escoamento da produção agrícola, melhorando a trafegabilidade”, completa.

Segundo a engenheira Tayane Oliveira, da administração regional, a atual fase de construção é crucial para garantir que a estrutura irá suportar a demanda de tráfego da ponte. “É uma ponte que recebe, diariamente, um bom fluxo de carros e caminhões carregados. Por isso, é importante que ela suporte o peso dos veículos e que ofereça também segurança aos transeuntes do local”, detalha.

Ela lembra que a reconstrução se fez necessária em função da precariedade da antiga estrutura. “A antiga ponte havia sido feita de maneira emergencial, em madeira e com recursos que os moradores tinham na época. Ela existia há muitos anos e acabou se deteriorando”, diz.

Parte do material para a fabricação da armação de ferro da atual passarela foi doada pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF), o que ajudou a reduzir os custos da obra.

Mais entregas

Assim que concluída, esta será a segunda ponte recuperada pelo GDF na região do Córrego do Pulador. Este ano, a estrutura que liga Brazlândia à comunidade da Cascalheira também foi reformada, facilitando o acesso para a população rural. A obra foi necessária, na ocasião, após a estrutura, feita de terra compactada, não ter suportado as fortes chuvas que assolaram a cidade.

Para corrigir o problema, a Administração Regional de Brazlândia, em parceria com a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) e o DER, instalou muros de gabião – estrutura de contenção composta por elementos metálicos – para dar sustentação à via, com galerias de águas pluviais de dois metros de largura por dois metros de altura, paralelamente às manilhas existentes, reforçando a drenagem.

 

Com informações: Agência Brasília 

 

Mapa do site Dúvidas frequentes